Supermercados são reconhecidos como atividade essencial da economia

compras-em-supermercado-economia-pib-20151126-0052

Os empresários supermercadistas comemoraram na quarta-feira (16/8) a conquista de uma antiga reivindicaA?A?o. Em cerimA?nia no PalA?cio do Planalto, o presidente da RepA?blica, Michel Temer, assinou decreto que passa a reconhecer o setor como atividade essencial da economia. O texto traz benefA?cios como maior seguranA?a jurA?dica para que os lojistas negociem a abertura do comA?rcio aos domingos e feriados, em todo o paA?s.
Trata-se de uma demanda antiga do setor. AtA? entA?o, o Decreto 27.048, de 1949, nA?o reconhecia a atividade supermercadista como essencial. Segundo os empresA?rios, a lei gerava burocracia e dificultava os acordos entre a classe patronal e os trabalhadores para a abertura aos domingos e feriados.
Reforma trabalhista

Com o decreto, aliado A? reforma trabalhista aprovada pelo governo federal, a expectativa do setor A? que esses desafios sejam contornados, possibilitando um aumento dos investimentos e da consequente geraA?A?o de empregos. O presidente da AssociaA?A?o Brasileira de Supermercados (Abras), JoA?o Sanzovo, avalia que essa A? uma conquista nA?o apenas para o setor, mas tambA?m para os consumidores.
“Temos uma alta demanda diA?ria. Cerca de 27,7 milhA?es de pessoas visitam supermercados em todo o paA?s. Essa A? uma conquista da populaA?A?o brasileira”, afirmou. Sanzovo agradeceu ainda a Temer. “Agora, somos reconhecidos como a atividade essencial que somos. O senhor, presidente, fez justiA?a com a categoria e os consumidoresa??, disse.
Fonte: Correio Braziliense

Deixe um comentário

O SEU ENDEREÇO DE EMAIL NÃO SERÁ PUBLICADO. Campos obrigatórios estão marcados com *